Em Aprendizagem Organizacional, um funcionário busca informações dentro da própria empresa sem precisar ficar criando novos modelos de informação. É um processo contínuo de detectar e corrigir erros. O capital digital mudou a forma com que muitas empresas obtêm o conhecimento.

Essa aprendizagem deve ser constante para que hajam respostas tanto para as necessidades internas quanto externas da organização. Um exemplo disso são as metas a serem alcançadas na empresa. Juntos, as pessoas aprender a encontrar novas formas de atingir resultados e o melhor: aprendem um com o outro.

Organizações com essa cultura tendem a:

Criar, pensar, planejar e implementar ações que levem ao crescimento da empresa e modelagem de seu futuro.

Dados coletados, organização e transformação deles em informação, análise e planejamento e transformação em conhecimento. Quando esse conhecimento é aplicado, há o alcance dos resultados.

Essas empresas se adaptam rapidamente às mudanças e são mais capazes de criar novos modelos de gestão quando necessário. Porém, não há mudança organizacional se as pessoas da organização não mudam sua forma de pensar e interagir. Para isso, uma empresa deve seguir princípios e se agarrar a eles para construir uma organização que aprende. As organizações que adotam esse tipo de modelo de gestão sustentam as ideias de:

  • Pensamento sistêmico – pensamento que tem a visão do todo e para toda a ação a ser tomada, deve-se ter ideia que poderá atingir outras áreas da organização e da sociedade.
  • Modelos Mentais – modelos que influenciam a nossa forma de ver o mundo e de agir.
  • Domínio Pessoal – trabalhar as competências/personalidades de uma pessoa. Como por exemplo, desenvolver a paciência, o trabalho em equipe, etc.
  • Visão Compartilhada – é a capacidade das pessoas de trabalhar em prol de um mesmo objetivo, de uma mesma missão.
  • Aprendizagem em grupo – é o aprendizado em equipe e desenvolvimento da capacidade de juntos aprenderem e gerar os resultados desejados. Assim, toda a equipe é levada a pensar da mesma forma e em conjunto. aprendizagem-organizacional.

Os resultados dessa conduta são:

Qualidade no planejamento, rapidez na tomada de decisões, eficiência na previsão de mudanças, inovações constantes, qualidade dos produtos, compartilhamento e compreensão da informação, aprendizado, aumento da competitividade, melhora nos resultados.

Com o conhecimento organizado entramos no campo da inteligência empresarial.